X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
São Paulo vence o Flamengo no Maracanã e está a um empate do título.
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

São Paulo vence o Flamengo no Maracanã e está a um empate do título.

Mesmo jogando fora de casa, o São Paulo foi superior ao Flamengo e venceu pelo placar de 1 a 0, no Maracanã, em partida válida pela primeira rodada da final da Copa do Brasil. O gol do jogo foi marcado pelo centroavante argentino Jonathan Calleri.

Com o resultado, o São Paulo pode jogar por um empate no jogo de volta, marcado para o próximo domingo (24), às 16h, no Morumbi. Já o Flamengo, precisará vencer por dois gols de diferença para ser campeão no tempo normal. Em caso de vitória por placar mínimo do time carioca, a decisão será nos pênaltis.

Mesmo jogando fora de casa, o São Paulo ditou o ritmo da partida no primeiro tempo, criando boas oportunidades e dando trabalho ao sistema defensivo do Flamengo, que não ofereceu perigo ao goleiro Rafael na etapa inicial. Melhor em campo, o time paulista parou em Matheus Cunha e na falta de efetividade para levar para o intervalo uma vantagem maior que o 1 a 0.

Aproveitando a falta de organização do Flamengo, o São Paulo abriu o placar aos 45 minutos. Após grande cruzamento de Rodrigo Nestor, Matheus Cunha ficou indeciso e parou na pequena área. Calleri subiu livre e finalizou de cabeça, sem chances para o defensor do clube carioca.

Na segunda etapa, o Flamengo voltou diferente. Com o apoio da torcida sendo transformado em pressão, o time soube colocar o São Paulo no seu campo de defesa, enquanto buscava alternativas ofensivas para furar o bloqueio feito pelo técnico Dorival Júnior. Aos nove minutos, Pedro ganhou no corpo da marcação e finalizou de cabeça, mas Pablo Maia apareceu em cima da linha para afastar o perigo.

A resposta do São Paulo aconteceu aos 11 minutos, quando Lucas Moura tabelou com Alisson e o volante chutou cruzado. A bola passou muito perto da meta defendida por Matheus Cunha. O Flamengo ainda tentou pressionar com Gerson e Everton Cebolinha, mas não conseguiu vencer a forte marcação paulista na segunda etapa, que soube administrar o resultado.

Jornal da Mídia

Imprimir
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter