X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
VITAMINA D: Qual é seu papel contra o coronavírus?
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

VITAMINA D: Qual é seu papel contra o coronavírus?

Uma pesquisa realizada pela Northwestern University, nos Estados Unidos, indicou uma forte correlação entre as taxas elevadas de mortalidade pela covid-19 e a deficiência de vitamina D no corpo humano. Segundo os dados, pacientes dos países mais atingidos como a Itália, a Espanha e o Reino Unido, os índices de vitamina D nos cidadãos eram reduzidos apresentando taxas inferiores da vitamina em comparação às nações que se sobressaíram.

Segundo Vadim Backman, professor de Engenharia Biomédica na Northwestern e líder da pesquisa, dados recentes demonstram que a covid-19 tem causado uma reação imunológica exagerada em virtude de uma tempestade de citocina no corpo humano. A vitamina D influencia diretamente no controle dessa proteína no organismo e, então, sua deficiência pode levar o paciente para um quadro mais grave da doença.

Sendo assim, elevar o consumo de vitamina D em pacientes de covid-19 poderia ser uma saída para diminuir possíveis complicações causadas pelo vírus. A vitamina D não só fortalece o sistema imunológico dos pacientes como também reduz os riscos de possíveis complicações causada pela doença.

VEJA AS FONTES PODEROSAS DE VIT D PARA NOSSA SAÚDE:

SOL: estudos atuais já indicam que ficar em exposição ao sol por 15 minutos de 9h às 11h da manhã diariamente já é suficiente. Outras fontes alimentares são encontradas em carnes, peixes e frutos do mar, como salmão, sardinha e mariscos, e alimentos como ovo, leite, fígado e queijos.

E você tem cuidado do seu nível de vitamina D no organismo, come alguma destas fontes poderosas?

Nutricionista Aline Carneiro

CRN5 5288

Para mais informações me siga no instagram @alinecarneironutricionista

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter