X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
Prefeito morre de Covid-19 um dia após ser eleito.
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Prefeito morre de Covid-19 um dia após ser eleito.

Um dia após vencer as eleições para a prefeitura de Itaguru, no interior de Goiás, Didi Filgueira (PTB) morreu em decorrência das complicações da Covid-19. O prefeito eleito tinha 60 anos, estava internado desde outubro e teve uma piora no estado de saúde durante o final de semana. Ele nem chegou a saber que havia vencido a disputa eleitoral.

Segundo a família, Didi foi internado em um hospital de Goiânia no dia 1º de outubro, depois de ter os primeiros sintomas da doença. Na semana seguinte, foi transferido para a UTI e precisou ser intubado. No dia 30 de outubro, o então candidato teve uma melhora, e foi então retirada a ventilação mecânica. Porém, no último fim de semana, o estado de saúde de Didi piorou novamente.

Por causa da internação de Didi, foi a família que abasteceu as redes sociais do candidato durante todo o período de campanha eleitoral. Em um vídeo publicado ontem pela manhã, a esposa dele, Darcimeire Fernandes, e dois filhos do casal relataram que foram até o hospital dar a notícia da vitória nas eleições à Didi, quando souberam da piora em seu estado de saúde.

“Viemos fazer uma visita ao Didi para dar a notícia sobre a vitória. Os médicos nos informaram que no sábado e no domingo Didi teve uma pequena piora, e essa piora persistiu. Então quero pedir a todos vocês: vamos orar pela saúde dele para que juntos possamos tê-lo perto de nós. Para que possamos comemorar a nossa vitória”, diz a esposa em trecho do vídeo.

Poucas horas depois da publicação do vídeo, o prefeito eleito não resistiu e morreu. Como a morte de Didi foi devido a complicações causadas pelo novo coronavírus, não haverá velório. Didi deixa esposa, três filhos e dois netos. Para se despedir dele, um cortejo percorreu as ruas da cidade, de pouco mais de 5 mil habitantes, no início da tarde de hoje.

Vice toma posse

Didi foi eleito com 2.368 votos (53,90% do total), ficando à frente de Chitão (PP), que teve 1.936 votos (44,07%), Cleidinho (PSL), com 50 votos, e Marcley Galdino (Cidadania), que obteve 39 votos.

De acordo com jurisprudência de casos semelhantes julgados no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), na hipótese de falecimento do candidato a prefeito após a data da eleição e em caso de único turno, o candidato a vice-prefeito deve assumir o cargo. O vice de Didi é Fernando Araújo (PDT), que deverá assumir como prefeito de Itaguaru em janeiro de 2021.

Agencia Sertão

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter