X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
Guanambi registra mais três casos de coronavírus e número de suspeitos dispara.
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Guanambi registra mais três casos de coronavírus e número de suspeitos dispara.

A secretaria de Saúde de Guanambi divulgou o boletim epidemiológico da Covid-19 no início da noite desta segunda-feira (11). Mais três casos foram confirmado nas últimas 24 horas após nenhum registro no domingo.

Dois diagnósticos foram obtidos por exame laboratorial no Lacen/BA e outro por aplicação de teste rápido. O número de pacientes recuperados subiu de 89 para 93, e de casos ativos caiu de 31 para 30, de um total de 123.

O que mais chamou a atenção no boletim foi o número de casos suspeitos da doença aguardando resultado. Neste domingo (12) eram 58, agora são 93 e outros 7 aguardando a coleta.

Os novos casos foram detectados em duas pacientes do sexo feminino e um do sexo masculino, um com idade de 30 a 39 anos, outro com idade de 40 a 49 anos e o terceiro com mais de 60 anos. Dois pacientes apresentam sintomas da doença e um está assintomático. Um deles apresenta comorbidades. Ambos são moradores do bairro Alvorada.

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen) analisou 26 exames nas últimas 24 horas e 24 tiveram resultado negativo. Desde o início da pandemia, 402 casos suspeitos foram descartados. Outros 44 testaram positivo. Já os testes rápidos detectaram 79 positivos e 2128 negativos.

O pronto atendimento médico dedicado ao tratamento da Covid-19 já atendeu 809 pessoas com Síndromes Gripais. No local foram realizados 275 testes rápidos, 206 exames laboratoriais e 24 exames de Raio-X. Dois pacientes que estava internados na unidade recebera alta no fim de semana, um foi transferido para Vitória da Conquista. Não há pacientes internados em Guanambi momento.

O boletim informa sobre a sintomologia da doença. Entre os infectados pelo coronavírus em Guanambi, 68 são ou foram assintomáticos e outros 55 desenvolveram sintomas como febre, tosse, dor de garganta, dispneia e falta ou perca total do paladar e olfato.

Também foram divulgados dados sobre profissionais de saúde contaminados. Até o momento foram 21 trabalhadores desse setor contraíram o vírus, médicos e técnicos de enfermagem são os mais afetados, com quatro casos cada. Uma nova fase de testagem desses profissionais foi iniciada.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde de Guanambi

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter