X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
Férias coletivas equivocadas de empresa foi crucial para disseminação da Covid-19 em Urandi, diz prefeito.
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Férias coletivas equivocadas de empresa foi crucial para disseminação da Covid-19 em Urandi, diz prefeito.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Urandi, dos 27 casos confirmados de coronavírus na cidade, 26 são de pacientes que trabalham na Planova, empresa do ramo de transmissão de energia cujo canteiro de obras está localizado no município. Parte dos funcionários da Planova são de Urandi e mais de 600 são de diversos estados do país.

O prefeito do município, Dorival Barbosa do Carmo (PP), o doutor Dorival, acredita que a paralisação das atividades da empresa foi determinante para disseminação da doença na cidade.

Ele afirmou que a Administração foi contrária à concessão das férias coletivas aos funcionários, visto que a melhor maneira de evitar a propagação do vírus entre os munícipes era manter os inúmeros trabalhadores de outros estados atuando na cidade. “A empresa foi pressionada pela sociedade e pelos próprios funcionários e a única solução foram as férias coletivas. Estamos colhendo os frutos ruins de uma decisão que não foi acertada e que não contou com a concordância do Município”, asseverou.

Nos próximos dias, a empresa realizará uma série de testagens nos funcionários e a previsão do gestor é de que mais casos deem positivo. “Entendemos que o vírus na nossa região foi importado por conta dessa empresa. Por enquanto, o vírus está restrito às pessoas que trabalham na Planova e às pessoas que tiveram contato com estas”.

Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter