X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
Charles Fernandes diz que cometeu equívoco ao votar contra prorrogação do Auxílio Emergencial até dezembro.
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Charles Fernandes diz que cometeu equívoco ao votar contra prorrogação do Auxílio Emergencial até dezembro.

  • Charles Fernandes diz que cometeu equívoco ao votar contra prorrogação do Auxílio Emergencial até dezembro. - Foto 1
  • Charles Fernandes diz que cometeu equívoco ao votar contra prorrogação do Auxílio Emergencial até dezembro. - Foto 2
  • O Deputado federal e ex-prefeito de Guanambi, Charles Fernandes, publicou uma nota de esclarecimento dizendo que foi um equívoco o seu voto contra a prorrogação do Auxílio Emergencial do governo federal até dezembro. O post foi feito nesta sexta-feira (17) nas redes sociais do deputado baiano.

    A nota explica que foi um equívoco de encaminhamento da liderança do partido (PSD) que levou a bancada a votar “não” no projeto de prorrogação. Ressaltou ainda que o PSD e o mandato dele, (Charles Fernandes) como deputado, são favoráveis plenamente à prorrogação e a todas as medidas que venham favorecer aos beneficiários do auxílio.

    O Plenário brasileiro realizou votação sobre a possível ampliação do auxílio emergencial de R$ 600 até dezembro deste ano. O benefício foi criado pelo governo para auxiliar trabalhadores autônomos, informais, desempregados e microempreendedores individuais (MEIs) durante a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

    Charles Fernandes, em seu primeiro mandato acabou dando o voto contrário a prorrogação do pagamento do auxílio emergencial até o mês de dezembro deste ano. Mas como ele explicou, tudo não passou de um equívoco.

    Fonte: Voz da Bahia

    • Compartilhe esse post
    • Compartilhar no Facebook00
    • Compartilhar no Google Plus00
    • Compartilhar no Twitter