X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
Após denúncia de O Antagonista, Câmara promete rever permissão do uso do cotão para transporte clandestino em avião.
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Após denúncia de O Antagonista, Câmara promete rever permissão do uso do cotão para transporte clandestino em avião.

Antagonista revelou ontem que o deputado federal Charles Fernandes, do PSD da Bahia, usou a cota parlamentar para fretar, em três ocasiões neste ano, uma aeronave particular que não tem a autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para fazer táxi aéreo: veja aqui.

A Diretoria-Geral da Câmara dos Deputados admitiu que houve o ressarcimento dos três recibos apresentados pelo parlamentar, no valor total de R$ 45 mil, e informou que, pasmem, com base nas regras em vigor, não há nada que impeça um deputado de pagar com dinheiro público um transporte clandestino em jatinho.

Em razão da notícia de O Antagonista, porém, a Diretoria-Geral orientou a equipe técnica a fazer ajustes no ato da Mesa Diretora que dispõe sobre o uso da cota parlamentar, para impedir que ocorram casos semelhantes. A sugestão de alteração no texto vigente deverá ser levada nos próximos dias aos integrantes da Mesa Diretora, presidida por Rodrigo Maia.

A cota parlamentar, também chamada de cotão, é uma dinheirama a que todo congressista tem direito todo mês para gastar com quase tudo o que você conseguir imaginar. Desde o início do site, O Antagonista ajuda a dar publicidade a essas despesas.

Por Diego Amorim - O Antagonista

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter