Novembro Azul na Câmara Municipal de Guanambi.

Quarta-Feira, 20 de Novembro de 2019

O câncer de próstata atinge cerca de 85 mil novas pessoas a cada ano no Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde. A doença mata de 12 a 15 mil pessoas por ano e é o segundo tipo de tumor que mais atinge homens. Para incentivar o diagnóstico e o tratamento das doenças tipicamente masculinas, como o câncer de próstata, discursou nesta segunda-feira (18), na Tribuna Livre o Dr. Victor Lapa, urologista, a convite da Mesa Diretora, na qual apresentou:

Sintomas – Mesmo que não apresente nenhum sintoma, todo homem deve procurar um médico para realizar um check-up após os 50 anos. Caso apresente sintomas como urinar com maior frequência, levantar várias vezes à noite para urinar, dificuldade de ereção, urinar sangue ou dor nos testículos, é preciso procurar um urologista imediatamente.

Tratamento – Para doença localizada, há, em geral, indicação de cirurgia ou radioterapia. Para doença localmente avançada, utiliza-se a radioterapia e hormonioterapia. Para doença metastática (quando o tumor original já se espalhou para outras partes do corpo), o tratamento de eleição é a terapia hormonal. Cabe ressaltar que o melhor a se fazer é o indicado pelo médico que faz o acompanhamento do paciente.

Prevenção – Se houver algum caso de câncer de próstata na família, a consulta deve acontecer aos 45 anos, mesmo sem apresentar sintomas.

“Ainda há uma cultura de homens irem menos ao médico do que mulheres, infelizmente. No caso de câncer de próstata, a única medida eficaz é a realização dos exames de toque e sangue, de forma complementar. É preciso deixar o preconceito de lado e se cuidar”: explica Dr. Victor Lapa.

No espaço livre os vereadores parabenizaram a palestra promovida pelo urologista e ressaltaram a importância do cuidado que todos devem ter com a saúde.

 

 


Ascom


Últimas Notícias
Travessa Cicinato A. Fernandes - Centro - Guanambi-BA - (77) 9 - 9962-3188